Publicado em Crônicas, Textos

Parabéns

07-parabens

Parabéns pra você, nesta data querida. Muitas felicidades, muitos anos de vida!

Aniversário é uma coisa engraçada. É aquele dia em que nos permitimos sair um pouco da rotina para fazer algo diferente. É dia de pensarmos mais em nós mesmos, fazer aquela recapitulação dos últimos acontecimentos da vida e repensar sobre os caminhos tomados. Na infância, é uma dia para comer bolo e até ganhar presente, depois, conforme os anos passam a gente só pensa em chegar até os tão esperados dezoito anos. Demora tanto a chegar, mas uma hora acontece. Aí percebemos que não muda é nada: “agora posso beber, dirigir e ser preso” (alguns fazem os três, nesta ordem).

Parabéns pra você, nesta data querida. Muitas felicidades, muitos anos de vida!

Depois dos dezoito parece que o tempo voa, porque então já não aguardamos os aniversários com tanta ansiedade. Pelo contrário, parece que vamos cada vez mais fugindo deles, por medo de envelhecer, afinal se nossa sociedade valoriza tanto a juventude e tenta esconder sua velhice a todo custo, é porque não deve ser tão bom assim ficar velho. Com o passar do tempo, a gente se acostuma a fazer aniversário e ele vira uma desculpa para encontrar os amigos, marcar um rolê e rever algumas pessoas. É aquele dia de receber ligações e mensagens, a bateria do celular acaba num minuto. É cansativo, porém, se ninguém lembrar dá uma sensação tão ruim, de esquecimento. Engraçado, né? Fugimos da data, mas quando ela chega queremos mais e ser lembrados. Amanhã fechamos os olhos e voltamos a fugir.

E quando somos adultos a coisa vai ficando mais difícil, se o aniversário cai durante a semana, paciência: tem que trabalhar. Dinheiro pra sair ou dar uma festa quase nunca tem, e os presentes vão ficando mais escassos. A coisa perde um pouco a graça, só ganhamos números na conta mesmo.

Eu reclamo mas gosto muito de comemorar aniversário, aliás é o que mais faço aqui no trabalho…Parabéns pra você, nesta data querida. Muitas felicidades, muitos anos de vida! Os clientes adoram vir aqui jantar e ganhar sobremesa grátis e um “Parabéns” bem alto, pro salão inteiro ficar sabendo que apesar de estarem aumentando seus números, são muito queridos.

Normalmente eu nem penso muito a respeito, mas ai quando chega o dia do meu aniversário, eu acho engraçado. Canto Parabéns para toda essa gente que nem sabe que eu nasci no mesmo dia que elas. Fico tentando adivinhar suas idades e como será que é a vida de cada uma delas. Será que também passaram o dia trabalhando? Será que estão felizes ou preferem nem contar quantos anos estão comemorando?

Ai acaba o expediente, eu ajudo a fechar tudo e vou pra casa e encontro o bolinho e as velas acesas na cozinha, porque não importa a hora, minha mãe não abre mão do bolinho e do “Parabéns” pro caçula dela. Mal sabe ela que é a nona vez que eu escuto essa música só hoje.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s